Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a tv portuguesa

18
Jan17

Fernando Daniel e Deolinda Kinzimba no Festival da Canção

Tiago Lourenço

facebook.jpg

 

 

 

A RTP anunciou, esta tarde, os nomes dos concorrentes da primeira semi-final do "Festival da Canção 2017".

 

 

   Fernando Daniel, Deolinda Kinzimba e Rui Drumond são os três vencedores do concurso "The Voice Portugal" e concorrem por um lugar no Festival Eurovisão da Canção deste ano, que marca o regresso de Portugal ao certame.

 

   O mais recente vencedor do talent-show da RTP1 vai apresentar uma música de Nuno Feist. Já Deolinda, concorre ao festival com um tema de Rita Redshoes. Rui Drumond, que representou o pais em 2005 com Luciana Abreu, vai apresentar uma canção de Héber Marques.

 

   A esta lista juntam-se Márcia, com uma música de sua autoria, e os Golden Slumbers, com um tema de Samuel Úria.

 

   Luisa Sobral também compôs uma canção para este festival e entregou-a a Salvador Sobral. O lote fica completo com o tema de Lisa Garden, composto por Pedro Saraiva, e uma música de Nuno Gonçalves que vai ser interpretada por um trio cujo o nome ainda não foi oficializado. Sobre o trio, sabe-se apenas que Kika, vencedora do "Factor X" da SIC, será uma das intérpretes.

 

   A primeira semi-final do Festival da Canção está agendada para o dia 19 de fevereiro, da qual vão sair os quatro primeiros finalistas.

 

facebook.jpg

 

16
Jan17

"Agarra a Música" estreia acima do milhão de espetadores

Tiago Lourenço

 

facebook.jpg

 

 

 

  O novo programa da SIC estreou ontem e foi o quarto programa mais visto do dia.

 

 

   "Agarra a Música" é a nova aposta do canal de Carnaxide para os domingos à noite. Apresentado por Cláudia Vieira e João Paulo Rodrigues, o formato foi seguido por uma média de 1 milhão e 115 mil espetadores. Este número equivale a 11,5% de rating e 22,3% de share.

 

   O horário nobre foi liderado pelo "Desafio Final - Agora ou Nunca", que garantiu 12,1% de rating e 26,6% de share. 

 

   Em terceiro lugar ficou "Os Extraordinários", da RTP1, que subiu os resultados do domingo anterior. O programa apresentado por Sílvia Alberto registou 9,6% de rating e 18,1% de share em média.

 

   O "Agarra a Música" é a grande aposta da SIC para o horário nobre de fim-de-semana. A estreia obteve um resultado melhor que o "Best Bakery - A Melhor Pastelaria de Portugal". O antecessor, em outubro de 2016, não foi além dos 8,7% de rating e dos 19,7% de share.

 

 

agarra.jpg

 

facebook.jpg

 

 

11
Jan17

Vingança de nariz postiço

Tiago Lourenço

   

https://www.facebook.com/acaixaquejafoimagica/

 

 

 

   "Ouro Verde" estreou no domingo, na TVI. Segui todo o primeiro episódio com muita atenção, segui parte do segundo com alguma atenção e vi pouco ou nada do terceiro, com ainda menos atenção.

 

   Confesso, não sou grande admirador de novelas portuguesas. Não tenho nada contra, só não ligo. Apesar de não ter visto assim tanto desta nova produção, consegui tirar as minhas conclusões.

 

   É uma boa novela, com uma boa história e bem contada, pelo menos até agora. Tem um elenco português bastante bom e um elenco brasileiro igualmente competente, aliás, a grande maioria dos atores brasileiros já trabalhou na TV Globo o que, por si só, já é um sinal de qualidade.

 

   Como nem tudo o que luz é ouro, já dizia o ditado, há algumas coisas que me desagradam. Provavelmente é um problema meu, mas eu não consigo concentrar-me em mais nada a não ser no nariz postiço do Diogo Morgado. Por favor, não dava mesmo para se fazer algo melhor ou desistir da ideia?

 

   Por falar em Diogo Morgado, a sua contratação por parte da TVI foi uma jogada de mestre. Vi duas entrevistas do ator e, obviamente, vendeu bem o peixe. Elogiou tudo na novela, com especial enfoque na história.

 

   Realmente tenho de começar a acreditar em quem afirma que já se inventou tudo em televisão. É que "Ouro Verde", pelo menos a história principal, já foi feita por Diogo Morgado em 2007, na SIC.

 

   Em "Vingança", Diogo Morgado perdeu a família, foi para outro país, conheceu alguém rico de quem se tornou amigo. Esse amigo morreu e deixou-lhe a fortuna que foi usada para se vingar de quem lhe fez mal.

 

   E o que está o "hot Jesus" a fazer em 2016 na TVI? Exatamente o mesmo que em 2007!

 

   "Ouro Verde" está a correr bem. É o programa mais visto desde o dia em que estreou. Aproveitou a fragilidade de "Amor Maior", que não recuperou o público perdido com a exibição de "Coração D´Ouro", e chegou mesmo a vencer o jogo do Benfica emitido pela RTP1.

 

   Talvez esteja em estado de graça, ou não...

programaçaoTVI.jpg

 

 

facebook.jpg

 

 

 

03
Jan17

Finalmente!

Tiago Lourenço

   

facebook

 

 

 

 

 

   Já várias vezes critiquei a RTP pelas suas séries. Grande parte delas não são mais do que "novelas travestidas" e de muito menor qualidade do que as produções dos canais privados, ou então não se aguentam de tão enfadonhas.

 

   Tida como a maior aposta de ficção do canal do Estado, para este ano, "Ministério do Tempo" faz jus ao anunciado.

 

   Assisti ontem ao primeiro episódio depois de ter ficado agradavelmente surpreendido com o trailer divulgado nas redes sociais. 

 

   Esta série é verdadeiramente inovadora, se pensarmos que se trata de um produto português. Tem bons atores, alguns deles andavam desaparecidos, e uma excelente história, diferente do que se fez e do que se faz em Portugal.

 

   Obviamente que tem lacunas, na história, por exemplo, e os cenários computadorizados também não são perfeitos, embora não envergonhem.

 

   Além de um boa série, esta adaptação de um sucesso espanhol, é verdadeiro serviço público já que tem uma vertente histórica bastante vincada.

 

   Eu e mais de 558 mil espetadores assistimos a esta estreia. Num horário difícil, o das 21H00, teve e tem de competir com os noticiários e as principais novelas da concorrência. Ficou atrás de todos, mas não deixou de ter um honroso resultado, sendo o 14º. programa mais visto do dia.

 

   No mesmo horário, a TVI ficou em primeiro lugar, seguida da SIC.

 

ministerio.jpg

 

facebook

 

 

 

30
Dez16

O mais lidos de 2016

Tiago Lourenço

   

facebook

 

 

   O "A Caixa que já foi Mágica" despede-se de 2016 com votos de que 2017 seja melhor, ou ainda melhor!

 

   Neste "até já" , faço a contagem das 3 publicações mais lidas do ano. Conhece então o TOP 3:

 

1º. Lugar

Sem Título-1.jpg

 2º. Lugar

Sem Título-1.jpg

 3º. Lugar

Sem Título-1.jpg

 

facebook

 

 

27
Dez16

Os melhores e os piores de 2016

Tiago Lourenço

facebook

 

   O "A Caixa que já foi Mágica" já fez as suas escolhas sobre o que de melhor e pior passou na televisão portuguesa em 2016.

 

   Seja pela qualidade do produto ou pelas boas ou más audiências, estas são estas as escolhas entre os canais generalistas:

 

RTP1

 "The Voice Portugal"

   O talent-show é a minha escolha para o melhor deste ano no canal público. Manteve ou superou a qualidade das edições anteriores e alcançou as melhores audiências de todas as temporadas. Poucas vezes ficou atrás da TVI, principal concorrente nos domingos à noite. Regressa em 2017 e ainda bem!

 

 Séries RTP

      A RTP decidiu "americanizar-se" e transmitir uma série diferente a cada dia da semana. A ideia até é boa, o produto é que precisava de mais qualidade. Nenhuma destas produções é melhor que qualquer uma novela da concorrência. Há histórias boas e bons atores, mas isso não chega. Os resultados foram péssimos. As séries chegaram mesmo a perder para a RTP2. No próximo ano, há pelo menos uma ou duas séries que me parecem ser muito superior a estas.

 

SIC

 

 Cinema

   A SIC abdicou do "Portugal em Festa" nos domingos à tarde, voltando a apostar no cinema. O público agradeceu e o canal de Carnaxide esfregou as mãos de contente. Os resultados melhoraram a olhos vistos e muitos filmes chegaram mesmo a liderar o horário e a entrar no TOP 5 dos mais vistos.

 

 "Best Bakery: A Melhor Pastelaria de Portugal"

  Não é, de todo, um mau programa e Ana Guiomar está muito bem na sua estreia como apresentadora, mas é uma péssima escolha do canal de Carnaxide. Este formato faria sentido, por exemplo, na RTP, não numa televisão privada que necessita de boas audiências para sobreviver. Nunca um formato com uma lógica de menor espetáculo conseguiria vencer a concorrência aos domingos à noite. Foi o que aconteceu, perdeu sempre!

 

TVI

"Masterchef Júnior"

   A nova versão do programa de culinária mudou-se para os domingos. A aposta foi certeira. Venceu a concorrência e, na final, fê-lo por uma larga margem. É um bom formato e um sucesso no Mundo inteiro. Também regressa em 2017.

 

"Secret Story 6"

   É, muito provavelmente, um dos maiores insucessos do ano. Esperava-se um regresso auspicioso, o que nunca chegou a acontecer. A estreia foi a pior de sempre do formato e chegou mesmo a perder em todos os horários em que ainda é emitido. Ás 19H00 perdeu para o "Preço Certo", às 00H00 perdeu várias vezes para as novelas brasileiras da SIC e, aos domingos, perdeu muitas vezes para o "The Voice Portugal". Não deve regressar em 2017.

 

facebook

 

 

26
Dez16

Natal de "Inspetor Max" e de "Cinderela"

Tiago Lourenço

   

facebook

 

   A terceira série de "Inspetor Max" foi o programa mais visto na véspera de Natal e "Cinderela" levou a melhor no dia 25.

 

   

 

   As audiências deste fim-de-semana natalício têm algumas curiosidades interessantes. Na véspera de Natal, "Frozen", emitido pela SIC, foi o filme mais visto do dia alcançando o 4º. lugar do pódio.

 

   No dia 25, a final do "The Voice Portugal" teve o pior resultado de toda a temporada, ficando mesmo atrás de "Sozinho em Casa" que chegou a marcar o dobro da audiência registada pela TVI, no horário da tarde, e quase sete vezes mais que a RTP1.

 

   A SIC foi a estação preferida pelos portugueses nos dois dias.

 

   Conhece o TOP 5 deste fim-de-semana:

Audiencias.jpg

 

Audiencias.jpg

 

facebook

 

26
Dez16

SIC é a estação líder deste Natal

Tiago Lourenço

facebook

 

 

   A SIC foi o canal mais visto pelos portugueses nos dias 24 e 25 de dezembro. Só o conjunto de canais do Cabo levou a melhor sobre o canal de Carnaxide neste Natal.

 

   O canal de Francisco Pinto Balsemão alcançou uma média de 22,4% de audiência média no dia 24 , aumentando para 23,2% no dia 25.

 

   Neste dia, a diferença para a TVI, segunda classificada, foi de 5,1%. O canal de Queluz registou 18,1% de audiência média, baixando o valor da véspera que tinha chegado ao 19,4%.

 

   Também a RTP esteve melhor no sábado, ao registar 14,2% de audiência e 13,2% no domingo.

 

   O conjunto de Canais por Cabo superou a concorrência. Na véspera de Natal registou 32,7% de audiência média, baixando os resultados no dia seguinte para 29,8%.

 

   A SIC e a RTP1 subiram os valores de 2015, ao contrário da TVI. Os dados são da medidora GFK.

 

   Ainda hoje ficas a conhecer quais foram os programas mais vistos deste fim-de-semana natalício.

 

facebook

 

24
Dez16

TVI aposta em Inspetor Max para a véspera Natal

Tiago Lourenço

   

facebook

 

 

 

   O canal de Queluz estreia a nova série do cão polícia e tem apenas um filme na grelha deste fim-de-semana.

 

   Para este véspera de Natal a TVI reservou uma emissão especial do "A Tarde É Sua" para o horário vespertino. De noite, chega então a aguardada estreia de "Inspetor Max 3", seguido de uma emissão especial de "Secret Story".

 

   No dia 25, o quarto canal começa a manhã com a habitual transmissão da Missa de Natal. Depois do "Jornal da Uma", a aposta recai sobre o concerto dos 50 anos de carreira de Marco Paulo, no Campo Pequeno. Segue-se um especial de "Querido Mudei a Casa!".

 

   A tarde termina com o único filme da grelha da TVI para este fim-de-semana, "Madagáscar 3". A noite fica entregue a uma edição festiva do "A Tua Cara Não Me É Estranha".

 

   Se quiseres saber mais sobre o que podes ver na televisão nos dias que se seguem, clica aqui.

 

           O "A Caixa que já foi Mágica" deseja-vos um Feliz Natal :)            

 

facebook

 

17
Dez16

Já sabes o que podes ver neste Natal?

Tiago Lourenço

   

facebook

 

 

 

    A SIC é, até agora, o único canal em sinal aberto a mostrar as suas grandes apostas para este Natal. Além do regresso de vários filmes, haverá ainda espaço para as estreias habituais.

 

   A TVI ainda não mostrou de forma clara quais são as suas apostas e, na RTP1, podes contar com uma edição especial de "A Tua Mãe Cozinha Melhor Que A Tua", na noite da consoada, embora o grande destaque seja a final do "The Voice Portugal" no dia 25 de dezembro.

 

   No Cabo, o maior destaque vai para o canal Hollywood que vai apostar forte nos clássicos da Disney. No dia de Natal entram em cena os seguintes filmes: "Dumbo", "Bambi", "Cinderela", "A Bela Adormecida", "Robin dos Bosques", "Aladdin", "Pocahontas" e "Hércules".

   

   Voltando atrás, conhece a lista de filmes escolhida pela SIC para esta quadra natalícia:

 

   "Cinderela"

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Big Hero 6: Os Novos Heróis"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Frozen"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Paddington"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Annie"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   “Chovem Almôndegas 2”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   “Os Pinguins de Madagáscar”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   “The Hunger Games: A Revolta Parte 1”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "À Noite no Museu: O Segredo do Faraó"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Também “Sozinho em Casa 1”, “Rio 2” e a versão remasterizada de “Titanic” são outras das apostas.

 

   Estas são apenas algumas das propostas da panóplia de ofertas que os canais de televisão têm para nos oferecer neste Natal.

 

facebook

 

   

Audiencias.jpg

 

Novidades

 

 

"Filha da Lei" estreia terça-feira à noite na RTP1

Mais sobre mim

foto do autor