Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a televisão portuguesa

Curtas e Boas

 

 

Entrámos no mês do Natal. As televisões portuguesas já colocaram no ar os seus separadores alusivos a esta quadra e preparam os especiais de sempre. De sempre não é bem assim. Este ano a coisa está preta, muitos especiais nos hospitais não vão existir, apenas emissões diferentes e mais longas dos programas da manhã e da tarde. A RTP é a excepção, o único canal que continua com os programas de sempre, entre os quais está o mítico Natal dos Hospitais.

 

A Grande Entrevista, da RTP1, recebeu o jogador de futebol, Carlos Martins, e a mulher. O filho do futebolista sofre de uma aplasia medular e necessita de um dador de medula óssea urgentemente. Posto isto, é necessário dizer-se que todo este arraial já se está a tornar em algo degradante. Tantas crianças por aí com o mesmo problema e ninguém se preocupa ou preocupou. Mas esse não é o ponto fulcral da questão. Um espaço como a Grande Entrevista raramente se prestou a este tipo de entrevistas. Isto é ir pelo caminho mais fácil e seguir a crista da onda. É pena!

 

Peso Pesado II e Secret Story II terminam no último dia de 2011, isso já era sabido. A grande curiosidade é que o programa da SIC vai ser transmitido no mesmo sítio do programa da TVI. Não percebeu? Passo a explicar, a Casa dos Segredos muda-se para o Campo Pequeno na grande final, com isso, Peso Pesado muda-se para o local onde está localizado o estúdio do programa da concorrência. Ainda assim, será algo confuso. No mesmo local, os concorrentes da TVI abandonam a casa em direcção a Lisboa e logo ao lado sabe-se quanto peso perderam os "gordos" em 4 meses de programa.