Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a tv portuguesa

18
Abr12

Regressou o fenómeno

Tiago Lourenço

Floribella, perdão, Luciana Abreu foi um dos maiores fenómenos televisivos dos últimos anos, quando se tornou na protagonista da novela infanto/juvenil da SIC com o mesmo nome.

 

A figura da então atriz, misturou-se com a da personagem e ainda hoje é complicado dissociar Luciana de Flor. A série terminou e a cantora não soube e não conseguiu afastar-se da imagem que tinha.

 

Participou em Dança Comigo na RTP, fez o programa da Lucy na SIC, que durou pouco tempo, participou em Perfeito Coração, num papel de menina inocente, foi concorrente ao Festival da Canção, fez parte do elenco de O Último a Sair na estação pública e agora volta ao estrelato através de A Tua Cara não me é Estranha, na TVI.

 

Em todo este percurso, "Lucy" tornou-se numa figura, para muitos, irritante e "gozável". Colocou implantes de silicone ainda na fase Floribella, expôs, da pior maneira, a vida nas revistas e tomou atitudes que não foram boas para a sua carreira.

 

Agora, na TVI, tem a oportunidade de ouro de voltar às luzes da ribalta e pela porta grande, naquilo em que é incrivelmente boa, a cantar. Luciana Abreu pode ser tudo o que quiserem, mas será sempre uma das melhores vozes femininas portuguesas e é esse o caminho que deve seguir.

 

O sucesso regressou e Luciana foi trending topic no Twitter na noite da segunda gala do programa de imitações, que é como quem diz, a atriz foi um dos assuntos mais comentados mundialmente numa das redes sociais com maior número de utilizadores.

 

Geralmente não existem duas oportunidades tão boas para uma só pessoa, Floribella e A Tua Cara não me é Estranha.

 

A TVI jogou bem e tem agora a figura que lhe faltava. Não deve tardar muito para a cantora se tornar exclusiva do canal de Queluz e isso será opção menos certo para Luciana.

 

A música de qualidade deveria passar a ser o seu bastião. Ao assinar um contrato de exclusividade corre o risco de voltar a cair nos mesmo erros. Luciana Abreu tem de cantar mais em palco e falar menos para a comunicação social.

 

Uma cantora como ela não deve ser desperdiçada por má gestão de carreira.

2 comentários

Comentar post

Facebook

Audiências - TOP 5

As audiências voltam a ser atualizadas em setembro.

Novidades

"Vale Tudo" regressa à SIC depois do verão

Mais sobre mim

foto do autor