Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a televisão portuguesa

Herman José em exclusivo:"Devia ter tido a coragem de sair assim que me acabaram com o Hermansic"

Image and video hosting by TinyPic

 

 

 

Herman José é, por muitos, considerado o grande artista português. Recentemente o seu programa na RTP1, Herman 2012, venceu o prémio da revista TV7 DIAS para melhor talk-show. O ator, apresentador e cantor, responde em rigoroso exclusivo ao Perguntas na Caixa.

 

 

ACM:A que sabe o prémio da TV7 DIAS conquistado por Herman 2012?

HJ:Qualquer reconhecimento tem um paladar doce, mas não são os prémios que me movem, antes a certeza de que estou a dar o meu melhor e a servir o publico que me estima.

 

 

ACM:Está satisfeito com o seu programa ou gostava que a RTP apostasse em si para outro projeto ?

HJ:Nesta fase acho que estou a fazer o programa certo no sítio certo.

ACM:A RTP foi o canal de televisão mais prejudicado com a nova medição de audiências da GFK. Acredita nestes resultados?

HJ:Adorava poder respeitar os resultados da audiometria, e acredito que o mercado publicitário também. Esta é uma situação indefinida que urge resolver, e que gere um mercado de muitos milhões de Euros.

 

ACM:Que programas vê, atualmente, nos canais generalistas portugueses?

HJ:Os meus, as notícias e o Estado de Graça que tem parte do meu ADN.


ACM:Ter ido para a SIC foi o seu maior erro profissional?

Devia ter tido a coragem de sair assim que me acabaram com o Hermansic, que foi um grande programa. Ter ficado mais dois anos foi um erro que quase me foi fatal.


ACM:Para si, a televisão continua a ter a mesma magia que tinha na época de Herman Enciclopédia, por exemplo?

HJ:Digamos que a magia encontro-a hoje em dia nos espectáculos ao vivo. A televisão voltou a ser para mim o que era nos anos oitenta: um excelente complemento e um óptimo veiculo de promoção da nossa arte.