Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a tv portuguesa

11
Nov12

Pior a emenda

Tiago Lourenço

Aplaudo a decisão da direção de informação da RTP: diminuir o tempo de emissão do Telejornal em 15 minutos fazendo com que o principal serviço informativo tenha 45 de duração.

 

Os canais portugueses criaram o hábito de alargar os jornais quando o importante daquilo que se passa no país e no mundo pode e deve ser resumido em 30 a 45 minutos.

 

Para os generalistas alargar os serviços noticiosos é uma boa opção em termos monetários. É mais barato que outro tipo de programação e ainda é um garante de boas audiências. O que nem sempre acontece é que as notícias apresentadas sejam realmente relevantes. A RTP deu um passo em frente e terminou com a hora de duração e fez bem!

 

Não contente com o que tinha feito, Nuno Santos, diretor de informação do canal do Estado, criou um novo programa de 15 minutos para compensar os que retirou ao Telejornal.

 

A ideia é boa. 360º é um programa cuja estreia já foi adiada seis vezes e que vai analisar, exaustivamente, a notícia mais importante do dia. Assim sendo, voltam os 60 minutos de informação seguida!

 

E porquê é que não se inseriu logo esta ideia como rubrica do Telejornal? Porque é que não se explica logo a notícia por inteiro assim que é transmitida ao espectador? Porque é que se coloca um novo pivot num novo cenário, com um novo genérico, com outros operadores de câmara e tudo mais? Para nada!

 

É assim que a RTP desperdiça tempo, dinheiro e transforma ainda uma boa iniciativa numa má solução. Como se costuma dizer: "saiu pior a emenda que o soneto".

Facebook

Audiências - TOP 5

As audiências voltam a ser atualizadas em setembro.

Novidades

"Vale Tudo" regressa à SIC depois do verão

Mais sobre mim

foto do autor