Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a tv portuguesa

21
Out13

Mais SIC, as mesmas CARAS

Tiago Lourenço

O grupo Impresa agarrou numa das suas publicações mais vendidas e associou-o ao seu canal de televisão. Assim, a 6 de dezembro, nasce a SIC CARAS num exclusivo da distribuidora ZON.

 

Um novo canal de televisão, em tempo de crise, é sempre bem-vindo sobretudo se tiver qualidade. É mais uma janela que se abre para oportunidades de trabalho por poucas que possam ser.

 

Com certeza que esta novidade foi bem pensada mas existe uma dúvida que me assola depois de saber quais os programas que vão fazer parte da sua espinha dorsal.

 

A dúvida é esta: SIC CARAS e SIC MULHER não serão demasiado idênticas para, em vez de conquistarem um maior número de espectadores, apenas os dividirem?

 

E a resposta, a meu ver, é esta: sim!

 

O público-alvo é exatamente o mesmo e isso, parece-me, vai criar uma divisão nos telespectadores. Ou seja, em vez de conseguirem mais público para um canal e conseguirem mais dinheiro de publicidade, vão dividir a que já têm por dois mas com mais custos envolvidos.

 

The Voice, versão original de A Voz de Portugal, The Nate Berkus Show, Martha Stewart Show, Fama Show ou Alta Definição são programas que cabiam perfeitamente no canal feminino do grupo SIC. Aliás, estes três últimos já lá estiveram. Passadeira Vermelha, por sua vezé o principal programa do canal e vai ter a produção da Fremantle.  

 

Claro que tudo isto são suposições e é preciso esperar para ver o que acontece nos próximos meses.

 

De qualquer das formas a ideia é de aplaudir e com o resto os senhores que gastam ou recebem o dinheiro que se preocupem. 

Facebook

Audiências - TOP 5

As audiências voltam a ser atualizadas em setembro.

Novidades

"Vale Tudo" regressa à SIC depois do verão

Mais sobre mim

foto do autor