Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a televisão portuguesa

Dia Mundial da Televisão - O que vejo eu?

 

Hoje, dia 21 de novembro, comemora-se o Dia Mundial da Televisão. Neste dia, escolhi então contar-vos aquilo que sigo, atualmente, na televisão. De forma religiosa sigo apenas três produtos: A Regra do Jogo, na SIC, Empire, no Fox Life, e The Voice Portugal, na RTP1. 

 

 

 

O talent-show do canal público é o melhor programa de entretenimento da atualidade e líder das noites de domingo. É o único que sigo com interesse. 

 

A Regra do Jogo é a novela que sigo atualmente. Rendido aos encantos de Avenida Brasil, do mesmo autor, que fez um enorme sucesso em 2013 e que a Rede Globo pensou que se pudesse repetir agora ao apostar em João Emanuel Carneiro. Enganou-se redondamente. A Regra do Jogo tem a pior audiência de sempre das novelas do principal horário brasileiro. A trama não deixa de ser um novelão mas não é o típico folhetim. Centra-se no crime brasileiro e a dubiedade dos personagens, até certa altura, tornou a trama demasiado complexa.

 

A ideia de colocar atores do anterior sucesso também não foi boa. Por vezes, quanto mais se sobe, maior é a queda. Foi o que aconteceu.

 

Na SIC, a novela estreou sem pompa nem circunstância. Queriam milagres e a história brasileira não os fez. Foi atirada para a meia-noite, onde está agora, a dar luta ao Extra de A Quinta, da TVI. Apesar de todos os pontos fracos, não deixa de ser extraordinária. 

 

Empire é um vício recente. Vejo apenas desde o episódio três da segunda temporada. Cativaram-me, desde logo, as guerras entre uma família que vive do mundo da música. É um sucesso nos EUA e já percebi porquê. 

 

E você? O que é que segue na televisão?

 

Faça "like" na página do blog no Facebook e não perca os próximos artigos!