Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a televisão portuguesa

Domingo e segunda de estreias

   

facebook

 

   Os próximos dois dias são sinónimos de estreias na televisão portuguesa. RTP, SIC e TVI lançam os seus primeiros trunfos nesta "rentrée". 

 

 

   No domingo (04), a RTP1 faz regressar o seu maior sucesso de 2015 e que terminou no início deste ano. "The Voice Portugal" entra na 4ª. edição. O talent-show que procura a melhor voz do país, mantém o painel de mentores e apresentadores, mas promete novas emoções.

 

the voice portugal

 

   Logo de seguida entra em cena o filme "Gravidade".  A Dra. Ryan Stone (Sandra Bullock) é uma engenheira na sua primeira missão espacial. Acompanhada pelo astronauta veterano Matt Kowalsky (George Clooney), seguem para uma caminhada espacial de rotina, mas o pior acontece. A nave em que viajam é destruída, deixando Stone e Kowalsky completamente sozinhos no Espaço.

 

gravidade

 

 

 

  Também no domingo a TVI lança uma das suas maiores apostas. Logo após o "Jornal das 8", estreia a novela "A Impostora". Protagonizada por Dalila Carmo, Fernanda Serrano e Diogo Infante, esta história gira em torno de duas irmãs gémeas, Vitória e Verónica. 

 

   Chile, Moçambique, Lisboa e Porto são o palco de uma novela focada na vingança de Verónica que, depois de a sua irmã ser dada como morta, decidiu vingar-se de Frederico. Esta pensa que foi ele quem violou Vitória em tempos, dando origem ao nascimento de Jaiminho.

 

aimpostora

 

 

   Por sua vez, a SIC lança as suas primeira novidades na segunda-feira (05). "Sassaricando - Haja Coração" é a primeira novela brasileira do dia a estrear-se. É a escolha do canal de Carnaxide para o horário das 19H00.

 

 

 

sassaricando

 

 

 

   

   Mais tarde, para substituir "Verdades Secretas" no horário noturno, tem início "Liberdade, Liberdade", a segunda novela brasileira do dia. A trama centra-se no Brasil do século XVIII, na época em que a família real portuguesa foi para a sua colónia.

 

   Apesar da importância de Tiradentes como a figura que marcou a luta pela independência do Brasil, esta é a história ficcional de Joaquina (Mel Maia/Andreia Horta), a sua filha. Nascida no Brasil, Joaquina ficou órfã e foi criada por um estranho em Portugal. Já mulher, regressou ao Brasil para se tornar no símbolo da luta contra a coroa portuguesa.

 

   Esta novela ficou marcada pela primeira cena de amor entre dois homens, na história da Globo, protagonizada pelo português Ricardo Pereira, como Tolentino, e Caio Blat como André.

 

liberdadeliberdade

 

   Durante a próxima semana são esperadas mais estreias e regressos na televisão portuguesa.

 

facebook