Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a tv portuguesa

05
Mai14

Febre de sábado à noite

Tiago Lourenço

 

Durante muito tempo, entre os canais generalistas, apenas a RTP apostou em vários géneros de programas para os sábado à noite. SIC e TVI colocaram no ar as habituais novelas ou, no caso da primeira, programas de baixo custo como o Gosto Disto!.

 

 

Com esta opção o canal público conseguiu, com a maioria dos programas, ter mais espetadores neste dia do que durante a semana no horário nobre. A razão para a falta de apostas das privadas tem a ver com o facto de o sábado ter a noite menos nobre de todas as outras, ou seja, principalmente os jovens não estão em casa a ver televisão.

 

A TVI entendeu que, mesmo assim, podia fazer melhor e captar mais público. Pegou em Manuel Luís Goucha e em Masterchef, um formato internacional de grande sucesso, e conseguiu aquilo que queria. Captou público, publicidade e deixou a concorrência a uns bons milhares de espetadores de distância.

 

A SIC percebeu que não pode ir mais à luta com programas "engavetados" ou de vídeos que estão na Internet e escolheu o seu novo reforço, João Baião, para enfrentar a concorrência. A seu lado vai estar Júlia Pinheiro que, quanto a mim, devia estar antes no novo reality-show, Power Couple, em vez de Bárbara Guimarães. Juntos, Júlia e Baião, apresentam Sabadabadão. É um formato inglês que aposta no humor, jogos, apanhados e prémios.

 

Não sei se vai chegar para vencer o programa de culinária da TVI mas que a partir de 10 de maio as noites de sábado vão "aquecer", ai isso vão.

 

Com tudo isto perde ainda mais a RTP que com o Desafio Total, um programa bastante fraco, atinge os piores resultados dos últimos tempos.

Facebook

Audiências - TOP 5

As audiências voltam a ser atualizadas em setembro.

Novidades

"Vale Tudo" regressa à SIC depois do verão

Mais sobre mim

foto do autor