Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a tv portuguesa

06
Mar17

Final inteligente

Tiago Lourenço

facebook.jpg

 

Salvador Sobral com Luísa Sobral - foto: Revista TV MAIS

 

   A RTP1 emitiu, no passado domingo, a final do "Festival da Canção 2017". 

 

   Numa transmissão em direto do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, foi um espétaculo extremamente inteligente e muito bem doseado.

 

   As escolhas para a apresentação, o cenário, o local, os convidados e a forma como inseriram as comemorações dos 60 anos da estação pública fizeram desta final, o melhor evento do ano na televisão portuguesa até agora.

 

   O público escolheu a canção dos "Viva La Diva". Contudo, a soma dos votos dos telespetadores com a votação do júri, ditou que a representante de Portugal no "Festival Eurovisão da Canção" fosse a música de Salvador Sobral, "Amar pelos dois".

 

   Ganhou a mais bonita letra do concurso. A única música capaz de atrair as rádios portuguesas e, talvez, a única capaz de se perpetuar. Não aprecio o estilo do interprete, mas não invalida a justiça da vitória.

 

   Não é, de todo, a canção mais "festivaleira" do concurso, mas está a destacar-se. Depois de conhecido o vencedor, as casas de apostas colocam Portugal na 8ª. posição nas preferências para a vitória  do certame internacional.

 

   Não posso deixar de destacar a excelente prestação de Catarina Furtado, de Sílvia Alberto e do extraordinário momento proporcionado pelo discurso de Júlio Isidro.

 

   O "Festival da Canção" foi acompanhado por uma média de 684 mil espetadores. A final foi o 10º. programa mais visto do dia, liderando apenas na última parte da emissão.

 

   Assim vale a pena. Parabéns RTP!

 

facebook.jpg

 

Facebook

Audiências - TOP 5

As audiências voltam a ser atualizadas em setembro.

Novidades

"Vale Tudo" regressa à SIC depois do verão

Mais sobre mim

foto do autor