Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a televisão portuguesa

"Só o trabalho nos salva!"

Esta quinta-feira vi a entrevista que Cristiano Ronaldo deu a Judite Sousa na TVI pelo mesmo motivo que muitos a viram: o regresso da jornalista ao trabalho depois da morte do seu único filho.

 

Aquele início foi tão sofrido para a Judite que a mim me provocou o mesmo sentimento. Tremeu, quase chorou e mesmo assim conseguiu fazer o seu trabalho. Só se pode tratar de uma grande profissional.

 

Eu sei que já o era mas nem sempre apreciei o seu trabalho. A Judite mereceu a minha atenção e merece o meu aplauso. Foi visível o seu desconforto e a sua tristeza embora, ao longo da entrevista, se tenha notado um crescendo de confiança.

 

A jornalista travou uma batalha contra si mesma. Infelizmente, todas as atenções estavam viradas para si mesmo tendo à sua frente aquele que é considerado o melhor jogador de futebol do mundo.

 

Contudo, ficou claro que Judite não está pronta para regressar aos ecrãs. Precisa de continuar a fazer o seu luto e talvez a trabalhar, sim, mas atrás das câmaras.

 

As audiências, como seria de esperar, valeram o segundo lugar do dia ao Jornal das 8 com uma média de cerca de 1 milhão e 400 mil espetadores.

 

 

1 comentário

Comentar post