Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a televisão portuguesa

Desilusão

 

mw-1024.jpg

 

facebook.jpg

 

 

   Estive uns dias fora do país (peneirento) e, por isso, não tive tempo suficiente para escrever. Antes de ir, vi que a SIC preparava o regresso do "Gosto Disto!" e um novo programa chamado "Tudo Incluído". Estou completamente desiludido, talvez por culpa minha. Culpa minha porque achei que a SIC se tinha mexido e ia trazer novidades.

 

   Em primeiro lugar, pensei que o "Gosto Disto!" ia ter novos episódios, um novo cenário virtual, novos vídeos e que marcaria o regresso de César Mourão à televisão. Mesmo assim era pouco para uns dos horários mais competitivos da televisão portuguesa. Às 19h00, o canal de Carnaxide obtinha péssimos resultados com a novela brasileira "Novo Mundo".

 

   Em segundo lugar, pensei que o "Tudo Incluído" fosse a grande aposta para os domingos a partir de setembro. Um programa, sempre com o mesmo cenário, mas que a cada semana revivesse os icónicos programas da estação a propósito da comemoração dos seus 25 anos. 

 

   E o que é que a SIC preparou?

 

   Para as 19H00 retirou uma novela inédita, com maus resultados, e colocou no ar a repetição do "Gosto Disto!". Resultado? Não só não subiu nas audiências como nesta quarta-feira (07/06), por exemplo, teve a CMTV e a TV Globo, dois canais pagos, bem perto. Inpensável!

 

   Já o "Tudo Incluído", que estreia já este sábado (10/06), não é mais do que uma junção de vídeos dos grandes êxitos da SIC apresentados por Andreia Rodrigues.

 

   É tudo muito "poucochinho" para um canal que pretende ser líder de audiências.

 

   Repito. A SIC não é culpada pela minha desilusão. Eu é que ainda penso que o canal é aquele a que me habituei quando ainda era um criança.

 

facebook.jpg

 

TVI aposta em Inspetor Max para a véspera Natal

   

facebook

 

 

 

   O canal de Queluz estreia a nova série do cão polícia e tem apenas um filme na grelha deste fim-de-semana.

 

   Para este véspera de Natal a TVI reservou uma emissão especial do "A Tarde É Sua" para o horário vespertino. De noite, chega então a aguardada estreia de "Inspetor Max 3", seguido de uma emissão especial de "Secret Story".

 

   No dia 25, o quarto canal começa a manhã com a habitual transmissão da Missa de Natal. Depois do "Jornal da Uma", a aposta recai sobre o concerto dos 50 anos de carreira de Marco Paulo, no Campo Pequeno. Segue-se um especial de "Querido Mudei a Casa!".

 

   A tarde termina com o único filme da grelha da TVI para este fim-de-semana, "Madagáscar 3". A noite fica entregue a uma edição festiva do "A Tua Cara Não Me É Estranha".

 

   Se quiseres saber mais sobre o que podes ver na televisão nos dias que se seguem, clica aqui.

 

           O "A Caixa que já foi Mágica" deseja-vos um Feliz Natal :)            

 

facebook

 

Que Natal foi este?

 

Olá caros/caras leitores/leitoras. Espero que o vosso Natal tenham sido bom e que perdoem a minha "preguicita aguda" dos últimos tempos. Eu sei que tenho escrito pouco mas prometo voltar ao ativo.

 

A pergunta que se impõe hoje é:  Que Natal foi este nas televisões generalistas?

 

No dia 24, a RTP1 manteve a sua programação e presenteou-nos e bem, apesar de não ter visto, com o musical O Principezinho de Filipe Lá Féria. Ontem estragou tudo. Uma tarde inteira a transmitir um especial do The Voice Portugal que não foi mais do que uma manta de retalhos de todos os programas emitidos até agora. De noite redimiu-se e apresentou a míni-série O Pátio das Cantigas.

 

A SIC foi a que melhor manteve a tradição. Eu não me queixo mas talvez tenha exagerado no número de filmes de animação. Não, não vou criticar a transmissão do Sozinho em Casa 2. É o clássico dos clássicos desta época. O único erro que tenho a apontar foi a escolha dos dois filmes de Harry Potter para o horário nobre. Deviam ter colocado um filme em estreia ou, no mínimo, os filmes mais recentes desta saga.

 

A TVI foi a desilusão deste ano. Dois filmes em dois dias? E nem sequer eram estreias. Especiais da treta de A Quinta, especiais de A Única Mulher e mais uma maratona de 760´s na véspera de Natal. Esse programa, que colocou a carne toda no assador, ou seja, Cristina Ferreira, Manuel Luís Goucha e Fátima Lopes, ajudou o canal de Queluz a vencer o dia 24 com 25,4% de share, seguida da SIC com 22,1%, a RTP1 com 12,3% e o conjunto de canais por Cabo com 28% de share.

 

O dia 25 correu melhor à SIC que conseguiu alcançar os 25% de share, a TVI ficou-se pelos 19,1%, a RTP1 não foi além dos 14,5% e o conjunto de canais por Cabo levou, mais uma vez, a melhor com 27% de cota de mercado.

 

 

Faça "like" na página do blog no Facebook e não perca os próximos artigos!

 

 

Selo de Qualidade #1

Esta é a estreia de Selo de Qualidade, a nova rubrica do blog. Sempre que se justificar, o A Caixa que já foi Mágica colocará o seu selo de qualidade num qualquer programa da televisão portuguesa que mereça ser visto por todos. Num texto curto vão ser dadas as razões para a escolha.

 

 

O primeiro selo vai para Depois do Adeus. Esta nova série da RTP retrata Portugal no pós 25 de Abril de 1974, focando-se nos retornados. Ao nível de Conta-me como Foi, Depois do Adeus é o verdadeiro serviço público de qualidade. Extremamente bem produzida, com pormenores interessantes, bons atores e uma história bem contada. Esta série caberia em qualquer canal generalista português e não só na RTP. As audiências, infelizmente, não têm feito juz às suas qualidade. Este é, muito provavelmente, o melhor produto de ficção nacional exibido atualmente. O quarto episódio vai para o ar no próximo domingo à noite.

Natal dividido

Já há alguns anos que a SIC levava a melhor nas audiências em dias de Natal. Em 2011, esse feito não se repetiu. Se a SIC venceu no dia 24, a TVI venceu no dia 25 de Dezembro. 

 

No dia 24 o canal de Carnaxide apostou em "Natal Encantado" , ou seja, numa quantidade de filmes da Disney, na sua maioria, estreias. A opção foi certeira e a estação de Pinto Balsemão destacou-se na frente das audiências e viu a RTP1 e a TVI empatarem atrás de si. 

 

Ainda assim, Secret Story foi o programa mais visto do dia, seguido do Jornal da Noite da SIC, A Princesa e o Sapo, também da SIC, o Jornal da Tarde da RTP1 e o Primeiro Jornal novamente da SIC. Já no dia 25, a TVI venceu, mas não por muita margem da outra concorrente privada. A RTP1, como é habitual, ficou muito longe da concorrência. 

 

Neste dia, a SIC fez das tripas coração para conseguir ter Toy Story 3, um filme de 2010. Não deve ter sido tarefa fácil e, mais que isso, foi pago a peso de ouro. Ainda assim, teve um resultado um pouco abaixo do esperado.

 

Para colocar Toy Story no ar neste dia, poupou na tarde e repetiu filmes. Só UP - Altamente! conseguiu recuperar para o canal de Carnaxide e até entrou para o top 5 dos mais vistos. 

 

A TVI estreou Idade do Gelo 3 e Alvin e os Esquilos 2 à tarde e correu muito bem, mas foi Secret Story que deu a vitória ao canal de Queluz. No dia de Natal, A Casa dos Segredos foi o programa mais visto do dia, seguido de Toy Story 3, Jornal da Noite e Up - Altamente! da SIC e Jornal das 8 da TVI

 

Para gastar em alguns produtos, o canal da Carnaxide poupou noutros, foi uma táctica que não correu bem. A TVI preferiu apostar no dia 25 e descurar do dia 24, por isso, teve aquilo que queria. 

 

A RTP1 teve um bom dia 24 de Dezembro, mas, como sempre, um dia 25 de Dezembro muito fraquinho.