Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a televisão portuguesa

SIC anuncia cinema de Natal

 

facebooknovo.jpg

 

 

    A SIC já definiu que filmes vai estrear na época natalícia. Adiantando-se aos restantes canais generalistas, a estação de Carnaxide já fez saber ao público quais são as suas principais apostas no Natal deste ano. Super-heróis, animação e ação são as principais propostas, aliás, como já vem sendo hábito.

 

maxresdefault.jpg

 

   “Deadpool” e “Batman vs. Super-Homem: O Despertar da Justiça” são os super-heróis escolhidos para a quadra. 

 

gooddinosaur1280bjpg-99760d_1280w.jpg

 

   Por sua vez, na animação, as escolhas recaem sobre "A Viagem de Arlo”, “Zootropólis” e a curta metragem de “Frozen: Uma Aventura de Olaf”, ainda em exibição nos cinemas. Mas a aposta em histórias da Disney não fica por aqui. O live-action do clássico “O Livro da Selva”, também faz parte do cartaz da SIC.

 

cena-do-filme-snoopy-charlie-brown-peanuts-o-filme

 

   Ainda na animação, estão preparados os filmes “Home: A Minha Casa” e “Snoopy e Charlie Brown: Peanuts, O Filme”.

 

16-9-RATIO_new-home.jpg

 

   Dwayne Johnson e Daniel Craig também são heróis, mas sem super poderes. O primeira entra em ação no filme "San Andreas", e o segundo veste, novamente, a pele de "James Bond"  em "007: Spectre".

 

   A RTP e a TVI ainda não fizeram saber quais são os programas e filmes que vão fazer parte das suas grelhas de programação no Natal.

 

facebooknovo.jpg

 

O que ver nesta Páscoa

 

facebook.jpg

  

Russell Crowe em "Noé"

 

RTP1, SIC e TVI apostam em filmes, alguns em estreia, neste fim-de-semana prolongado.

 

   

   

   A SIC, como já vem sendo hábito em épocas festivas, é o canal que mais fitas estreia ao longo de sexta-feira, sábado e domingo. A TVI também aposta na sétima arte, mas mantém o "Somos Portugal" no dia de Páscoa. Por sua vez, a RTP1 repõe a série "Maria" e transmite outros tantos filmes.

 

   

   Sabe então o que podes ver, onde e quando:

 

1.jpg

 

 

 

2.jpg

 

 

 

3.jpg

 

 

 

4.jpg

 

 

 

5.jpg

 

 

 

6.jpg

 

 

 

1.jpg

 

 

 

2.jpg

 

 

 

3.jpg

 

 

 

4.jpg

 

 

 

5.jpg

 

 

 

6.jpg

 

 

 

7.jpg

 

 

 

8.jpg

 

 

 

9.jpg

 

 

 

1.jpg

 

 

 

2.jpg

 

 

 

3.jpg

 

 

 

 

facebook.jpg

 

 

Os melhores e os piores de 2016

facebook

 

   O "A Caixa que já foi Mágica" já fez as suas escolhas sobre o que de melhor e pior passou na televisão portuguesa em 2016.

 

   Seja pela qualidade do produto ou pelas boas ou más audiências, estas são estas as escolhas entre os canais generalistas:

 

RTP1

 "The Voice Portugal"

   O talent-show é a minha escolha para o melhor deste ano no canal público. Manteve ou superou a qualidade das edições anteriores e alcançou as melhores audiências de todas as temporadas. Poucas vezes ficou atrás da TVI, principal concorrente nos domingos à noite. Regressa em 2017 e ainda bem!

 

 Séries RTP

      A RTP decidiu "americanizar-se" e transmitir uma série diferente a cada dia da semana. A ideia até é boa, o produto é que precisava de mais qualidade. Nenhuma destas produções é melhor que qualquer uma novela da concorrência. Há histórias boas e bons atores, mas isso não chega. Os resultados foram péssimos. As séries chegaram mesmo a perder para a RTP2. No próximo ano, há pelo menos uma ou duas séries que me parecem ser muito superior a estas.

 

SIC

 

 Cinema

   A SIC abdicou do "Portugal em Festa" nos domingos à tarde, voltando a apostar no cinema. O público agradeceu e o canal de Carnaxide esfregou as mãos de contente. Os resultados melhoraram a olhos vistos e muitos filmes chegaram mesmo a liderar o horário e a entrar no TOP 5 dos mais vistos.

 

 "Best Bakery: A Melhor Pastelaria de Portugal"

  Não é, de todo, um mau programa e Ana Guiomar está muito bem na sua estreia como apresentadora, mas é uma péssima escolha do canal de Carnaxide. Este formato faria sentido, por exemplo, na RTP, não numa televisão privada que necessita de boas audiências para sobreviver. Nunca um formato com uma lógica de menor espetáculo conseguiria vencer a concorrência aos domingos à noite. Foi o que aconteceu, perdeu sempre!

 

TVI

"Masterchef Júnior"

   A nova versão do programa de culinária mudou-se para os domingos. A aposta foi certeira. Venceu a concorrência e, na final, fê-lo por uma larga margem. É um bom formato e um sucesso no Mundo inteiro. Também regressa em 2017.

 

"Secret Story 6"

   É, muito provavelmente, um dos maiores insucessos do ano. Esperava-se um regresso auspicioso, o que nunca chegou a acontecer. A estreia foi a pior de sempre do formato e chegou mesmo a perder em todos os horários em que ainda é emitido. Ás 19H00 perdeu para o "Preço Certo", às 00H00 perdeu várias vezes para as novelas brasileiras da SIC e, aos domingos, perdeu muitas vezes para o "The Voice Portugal". Não deve regressar em 2017.

 

facebook

 

 

Já sabes o que podes ver neste Natal?

   

facebook

 

 

 

    A SIC é, até agora, o único canal em sinal aberto a mostrar as suas grandes apostas para este Natal. Além do regresso de vários filmes, haverá ainda espaço para as estreias habituais.

 

   A TVI ainda não mostrou de forma clara quais são as suas apostas e, na RTP1, podes contar com uma edição especial de "A Tua Mãe Cozinha Melhor Que A Tua", na noite da consoada, embora o grande destaque seja a final do "The Voice Portugal" no dia 25 de dezembro.

 

   No Cabo, o maior destaque vai para o canal Hollywood que vai apostar forte nos clássicos da Disney. No dia de Natal entram em cena os seguintes filmes: "Dumbo", "Bambi", "Cinderela", "A Bela Adormecida", "Robin dos Bosques", "Aladdin", "Pocahontas" e "Hércules".

   

   Voltando atrás, conhece a lista de filmes escolhida pela SIC para esta quadra natalícia:

 

   "Cinderela"

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Big Hero 6: Os Novos Heróis"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Frozen"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Paddington"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "Annie"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   “Chovem Almôndegas 2”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   “Os Pinguins de Madagáscar”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   “The Hunger Games: A Revolta Parte 1”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   "À Noite no Museu: O Segredo do Faraó"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Também “Sozinho em Casa 1”, “Rio 2” e a versão remasterizada de “Titanic” são outras das apostas.

 

   Estas são apenas algumas das propostas da panóplia de ofertas que os canais de televisão têm para nos oferecer neste Natal.

 

facebook

 

   

SIC estreia 9 filmes nesta Páscoa

 

A SIC é o canal que mais estreias de filmes vai apresentar nesta Páscoa de 2016. De 25 a 27 de março, a estação vai emitir 14 filmes, 9 dos quais podem ser vistos pela primeira vez na televisão portuguesa.

 

Conheça a lista completa e respetivas sinopses:

 

Sexta-feira (25 de março)

Monster High Boo York 

As monstrinhas foram convidadas para participarem numa gala de abertura de um conhecido museu em Boo York City, numa data que corresponde à passagem histórica de um Cometa que se acredita ter poderes mágicos.


 
Os Smurfs
Depois de serem sugados por um portal mágico que os faz desaparecer da sua pequena aldeia, os pequenos Smurfs vêem-se perdidos no coração do Central Park, em Nova Iorque.

 

 
 
Impy na Terra da Magia (ESTREIA)
Impy é um dinossauro muito esperto que vive com os seus amigos animais falantes na ilha de Tikiwu. Quando uma bonita e desajeitada Panda chamada Babu chega à sua família rapidamente todos se apaixonam por ela, para descontentamento do ciumento Impy, que deixa de ser o favorito da ilha.


Zé Colmeia
Jellystone Park, habitat de Zé Colmeia, tem vindo a perder negócio, pelo que o Mayor Brown decide fechar o parque e vender os terrenos. Isto significa que as famílias vão deixar de poder apreciar a beleza natural deste local, e, pior ainda, Zé Colmeia e Catatau vão ser expulsos da sua casa.

 
Como Treinares o Teu Dragão 2 (ESTREIA)
Enquanto Astrid, Escarreta e o resto do grupo se divertem com corridas de dragões, os heróis do primeiro filme exploram mundos novos.

 
 
 
 
Armadas e Perigosas (ESTREIA)
Sarah Ashburn é uma agente do FBI, metódica, com uma excelente reputação e muita arrogância, e Shannon Mullins uma detective de Boston pouco convencional, desbocada e muito temperamental. Mas quando estas duas personalidades incompatíveis têm de unir forças para capturar um poderoso barão da droga, irão enfrentar não só uma poderosa rede de crime, mas pior do que isso, terão de lutar corpo a corpo.
 
 

Sábado (26 de março)
 

A Tenda Vermelha - Minissérie bíblica (ESTREIA)
A história apresenta a vida de Diná, filha de Jacó e Lia, mencionada no livro do Génesis. 
 
 

Domingo (27 de março)

 

Hot Wheels: Coragem para Vencer
Neste filme, algo ameaça a Cidade Hot Wheels: o fim da condução. Tudo porque Garry chega à cidade com a proposta de que os carros não só deviam conduzir sozinhos como ainda fazer panquecas no caminho para o trabalho.




 
Sininho - Fadas e Piratas (ESTREIA)
Quando uma fada guardiã do pó mágico chamada Zarina rouba todo o pó de fada azul do Vale das Fadas e foge para unir forças com os piratas do Skull Rock, Sininho e a suas amigas fadas embarcam na aventura de uma vida para o trazerem de volta.



 
 
Justin e a Espada da Coragem (ESTREIA)
Justin vive num reino onde os burocratas dominam e os cavaleiros foram proscritos. O seu sonho é tornar-se um Cavaleiro de Valor, como o seu avô, mas o seu pai, Reginald, o Chefe dos Conselheiros da Rainha, quer que o filho siga as suas pisadas e venha a ser advogado.
 
 

O Hobbit: A Desolação de Smaug (ESTREIA)
A aventura de Bilbo Baggins, enquanto este viaja com o feiticeiro Gandalf e treze anões, liderados por Thorin Escudo-de-Carvalho, numa épica demanda para retomar a Montanha Solitária e o reino perdido dos anões de Erebor. 

A Idade do Gelo 4
A louca perseguição de Scrat da amaldiçoada bolota, de que anda atrás desde o princípio dos tempos, vai ter consequências que irão mudar o mundo. A sua gula gera um cataclismo continental que desencadeia a maior aventura de sempre para Manny, Diego e Sid.


 
Rio 2 (ESTREIA)
É a verdadeira selva para Blu, Jóia e os seus três filhos em RIO 2, quando eles se aventuram da cidade maravilhosa para a Amazónia selvagem, para uma reunião de família. Como um peixe fora de água e numa terra desconhecida, Blu terá de enfrentar o mais temível dos adversários, o seu sogro, e ao mesmo tempo evitar os diabólicos planos de vingança de Nigel.
 

A Idade do Gelo - A Grande Caça ao Ovo (ESTREIA
Este especial é um estreia mundial. A história gira em torno da personagem de Ethel, a mãe de uma ave pré-histórica. Ela confia o seu bem mais precioso, um ovo pronto a eclodir, a Sid. 

Que Natal foi este?

 

Olá caros/caras leitores/leitoras. Espero que o vosso Natal tenham sido bom e que perdoem a minha "preguicita aguda" dos últimos tempos. Eu sei que tenho escrito pouco mas prometo voltar ao ativo.

 

A pergunta que se impõe hoje é:  Que Natal foi este nas televisões generalistas?

 

No dia 24, a RTP1 manteve a sua programação e presenteou-nos e bem, apesar de não ter visto, com o musical O Principezinho de Filipe Lá Féria. Ontem estragou tudo. Uma tarde inteira a transmitir um especial do The Voice Portugal que não foi mais do que uma manta de retalhos de todos os programas emitidos até agora. De noite redimiu-se e apresentou a míni-série O Pátio das Cantigas.

 

A SIC foi a que melhor manteve a tradição. Eu não me queixo mas talvez tenha exagerado no número de filmes de animação. Não, não vou criticar a transmissão do Sozinho em Casa 2. É o clássico dos clássicos desta época. O único erro que tenho a apontar foi a escolha dos dois filmes de Harry Potter para o horário nobre. Deviam ter colocado um filme em estreia ou, no mínimo, os filmes mais recentes desta saga.

 

A TVI foi a desilusão deste ano. Dois filmes em dois dias? E nem sequer eram estreias. Especiais da treta de A Quinta, especiais de A Única Mulher e mais uma maratona de 760´s na véspera de Natal. Esse programa, que colocou a carne toda no assador, ou seja, Cristina Ferreira, Manuel Luís Goucha e Fátima Lopes, ajudou o canal de Queluz a vencer o dia 24 com 25,4% de share, seguida da SIC com 22,1%, a RTP1 com 12,3% e o conjunto de canais por Cabo com 28% de share.

 

O dia 25 correu melhor à SIC que conseguiu alcançar os 25% de share, a TVI ficou-se pelos 19,1%, a RTP1 não foi além dos 14,5% e o conjunto de canais por Cabo levou, mais uma vez, a melhor com 27% de cota de mercado.

 

 

Faça "like" na página do blog no Facebook e não perca os próximos artigos!

 

 

Avatar vence 2012, SIC vence TVI

Terminei o ano de 2011 a afirmar que o filme 2012 ganharia a AVATAR. Errei! 

 

O filme transmitido pela TVI foi o programa mais visto do primeiro dia do novo ano e o da SIC nem sequer entrou no top 5 dos mais vistos. 

 

A minha afirmação, como ficou explícito, não tinha em conta a programação dos dois canais, nem os horários já que, na altura, nenhuma dessas informações tinha sido divulgada. 

 

A SIC venceu o dia e colocou dois filmes da tarde, juntamente com o Jornal da Noite, nos cinco mais vistos, mas errou redondamente na programação noturna. 

 

Monstros VS. Aliens foi o filme das 21H e este não é, de todo, filme para a noite. Não se pode comparar este a outros sucessos como Toy Story 3, por exemplo. 

 

Com isso, 2012 foi empurrado para mais tarde e já era tarde para recuperar o público. Este já se tinha mudado para a TVI.

Natal dividido

Já há alguns anos que a SIC levava a melhor nas audiências em dias de Natal. Em 2011, esse feito não se repetiu. Se a SIC venceu no dia 24, a TVI venceu no dia 25 de Dezembro. 

 

No dia 24 o canal de Carnaxide apostou em "Natal Encantado" , ou seja, numa quantidade de filmes da Disney, na sua maioria, estreias. A opção foi certeira e a estação de Pinto Balsemão destacou-se na frente das audiências e viu a RTP1 e a TVI empatarem atrás de si. 

 

Ainda assim, Secret Story foi o programa mais visto do dia, seguido do Jornal da Noite da SIC, A Princesa e o Sapo, também da SIC, o Jornal da Tarde da RTP1 e o Primeiro Jornal novamente da SIC. Já no dia 25, a TVI venceu, mas não por muita margem da outra concorrente privada. A RTP1, como é habitual, ficou muito longe da concorrência. 

 

Neste dia, a SIC fez das tripas coração para conseguir ter Toy Story 3, um filme de 2010. Não deve ter sido tarefa fácil e, mais que isso, foi pago a peso de ouro. Ainda assim, teve um resultado um pouco abaixo do esperado.

 

Para colocar Toy Story no ar neste dia, poupou na tarde e repetiu filmes. Só UP - Altamente! conseguiu recuperar para o canal de Carnaxide e até entrou para o top 5 dos mais vistos. 

 

A TVI estreou Idade do Gelo 3 e Alvin e os Esquilos 2 à tarde e correu muito bem, mas foi Secret Story que deu a vitória ao canal de Queluz. No dia de Natal, A Casa dos Segredos foi o programa mais visto do dia, seguido de Toy Story 3, Jornal da Noite e Up - Altamente! da SIC e Jornal das 8 da TVI

 

Para gastar em alguns produtos, o canal da Carnaxide poupou noutros, foi uma táctica que não correu bem. A TVI preferiu apostar no dia 25 e descurar do dia 24, por isso, teve aquilo que queria. 

 

A RTP1 teve um bom dia 24 de Dezembro, mas, como sempre, um dia 25 de Dezembro muito fraquinho.

TOP TV - O melhor e o pior da televisão portuguesa

Esta semana o TOP TV trás uma novidade. Em vez de apenas um destaque positivo, serão feitos dois. O melhor e o pior da televisão portuguesa está aqui!

Sem crédito

A RTP1 transmitiu, este domingo à tarde, o filme Armageddon. É verdade que já o fez vezes sem conta, mas esse não é o assunto desta crónica. 

 

No final da história protagonizada por Bruce Willis, surgiram no ecrã os habituais créditos. Raramente SIC ou TVI os mostram e, sinceramente, se a intenção for fazer o mesmo que a estação do estado, o melhor é mesmo deixá-los de parte. 

 

O que a RTP faz é acelerar a passagem dos créditos, ou seja, é quase impossível lê-los. Sem ter a certeza do que vou escrever, parece-me que esta é uma obrigação do canal público, mas não mostrar ou mostrar os créditos de forma impossível de ler não acaba por ir dar ao mesmo? 

 

Penso que sim, aliás, até é uma perda de tempo. Um minuto com o ecrã preto e letras brancas a passar com pressa de ir apanhar o comboio é algo pouco agradável de se ver.

 

É mais que compreensível que um canal comercial não coloque os crédito de um filme, isso não dá dinheiro, mas também acredito que ninguém siga realmente aquilo. 

 

Será que faz sentido emitir os créditos de um filme? 

 

Os nomes "mais importantes" surgem no início e, hoje em dia, quem realmente se interessa pelo assunto, terá, muito provavelmente, acesso à Internet para poder pesquisar sobre o assunto.

 

Quanto ao canal público, deve pensar melhor acerca deste tema.