Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A caixa que já foi mágica

Um blog de opinião sobre a tv portuguesa

30
Mai17

SIC altera programação a 5 de junho

Tiago Lourenço

facebook.jpg

 

674370-970x600-1.jpeg

 

Os péssimos resultados de "Novo Mundo", às 19H00, terão sido a causa das mudanças na programação da SIC já a partir de segunda-feira.

 

 

   Com quatro portugueses no elenco, a novela brasileira "Novo Mundo", estreou em maio no horário de acesso ao prime-time. A trama não se conseguiu impor e colocou o canal de Carnaxide numa má posição. A audiência média dos cerca de 23 episódios exibidos não foi além dos 3,1% de rating e 10.1% de share. Bem longe do líder "Apanha Se Puderes", da TVI, e do "Preço Certo", da RTP1, vice-líder às 19H00.

 

   A SIC foi obrigada a mexer-se e o "Gosto Disto!" regressa já no dia 5 de junho. Apresentado por Andreia Rodrigues e César Mourão, o formato conta com a exibição de vídeos caseiros e alguns momentos de humor, protagonizados pelo ator e apresentador. O programa vai ocupar o horário deixado vago por "Novo Mundo" que é atirada para a madrugada.

 

   Ainda antes deste regresso, a reposição de "Laços de Sangue" é alargada em meia hora. Por sua vez, o "Juntos À Tarde" perde 30 minutos de exibição.

 

   Neste dia estreia ainda outra novela da TV Globo, às 23H30. "A Força Do Querer" é uma história de Glória Perez, autora de sucessos como "O Clone", "Explode Coração" e "Caminho das Índias".

 

   Com esta medida, a SIC passa a contar com mais de quatro horas de novelas no horário noturno, pelo menos até ao final de "A Lei Do Amor" que já entrou nos últimos episódios.

 

Lê também:

postsimples_fichatecnica_V1.png

Ficha Técnica com Mariana Marques: "Não pretendo regressar à televisão tão cedo"

facebook.jpg

 

 

 

 

27
Set16

Portugal fora dos Emmy

Tiago Lourenço

   

facebook

 

   Nenhuma produção portuguesa foi nomeada, na segunda-feira, para os Emmy International 2016.

Grazi Massafera nomeada para o prémio de melhor atriz ("Verdades Secretas")

 

 

   Depois de "Meu Amor"e "Laços de Sangue" serem galardoadas, Portugal não conseguiu, este ano, ser nomeado para qualquer categoria naqueles que são considerados os "Óscares" da televisão mundial

 

  Na corrida podiam estar novelas como “Coração D’Ouro” e "Mar Salgado", da SIC, ou “A Única Mulher”, da TVI.

  

  Mais feliz está a brasileira TV Globo que conta com seis nomeações. "A Regra do Jogo" e " Verdades Secretas", ambas emitidas pela SIC, estão nomeadas na categoria de melhor novela. 

 

   A cerimónia de entrega dos prémios ocorre a 21 de novembro em Nova Iorque.

   

   Conhece a lista completa de nomeações:

   

   Melhor programa de Artes:
 
   Gabo – Colombia
   Gérard Depardieu: out of Frame – França
   Interrupt this Program (Resilient Cities) – Canadá
   NonFictionW_The Man who Shot Hiroshima – Japão

 

   Melhor ator:


   Dustin Hoffman em Roald Dahl’s Esio Trot – Reino Unido
   Alexandre Nero em A Regra do Jogo – Brasil
   Florian Stetter em Nackt Unter Wölfen (Naked Among Wolves) – Alemanha
   James Wen em Echoes of Time – Singapura

 

   Melhor atriz:


   Judi Dench em Roald Dahl’s Esio Trot – Reino Unido
   Jodi Sta. Maria em Pangako Sa’yo (The Promise) – Filipinas
   Grazi Massafera em Verdades Secretas– Brasil
   Christiane Paul em Unterm Radar (Under the Radar) – Alemanha

 

   Melhor programa de comédia:
   

   Dix Pour Cent (Call my Agent)  – França
   Hoff the Record – Reino Unido

   Puppet Nation ZA – África do Sul

   Zorra – Brasil

 

   Melhor documentário:

   KBS Documentary Gong Gam: Mom & Clarinet – Coreia do Sul
   Madres de Plaza de Mayo – La Historia (Mothers of Plaza de Mayo – The Story) – Argentina
   My Son the Jihadi – Reino Unido
   War of Lies Z – Alemanha

 

   Melhor drama:

   Series 19-2 – Canadá
   La Casa Del Mar – Argentina
   Deutschland 83 – Alemanha
   Waiting for Jasmin – Emirados Árabes Unidos

 

   Programa de Horário Nobre em Língua Estrangeira:

   Asombrosamente – EUA
   La Banda – EUA
   Francisco, El Jesuita – EUA
   Un Viaje con Fidel (A Trip with Fidel) – EUA

 

   "Entretenimento sem guião"

   Adotada – Brasil
   Allt För Sverige (The Great Swedish Adventure) – Suécia
   Gogglebox – Reino Unido
   I Can See Your Voice – Coreia do Sul

 

   Melhor telenovela:

   30 Vies – Samuel Pagé – Canadá
   Bridges of Love – Filipinas
   A Regra do Jogo – Brasil
   Verdades Secretas – Brasil

 

   Filme para televisão ou mini-série:

   Capital – Reino Unido
   Nackt unter Wölfen (Naked Among Wolves) – Alemanha
   Os Experientes (The Wise Ones) – Brasil
  Splash Splash Love – Coreia do Sul

 

   

   

facebook

 

 

04
Dez13

E mais não digo

Tiago Lourenço

 

A TVI já apresentou a sua nova novela da noite que vai estrear em 2014. Chama-se O Beijo de Escorpião e tem Dalila Carmo e Sara Matos como protagonistas. O diretor-geral da TVI, Luís Cunha Velho, revelou que esta é uma produção "que fala de pessoas, casas, de vida citadina, uma novela moderna, atual", ou seja, disse o que se diz quase sempre.

 

 

 

Os autores da novela, António Barreira e João Manuel Matos, contaram ainda que a história principal da novela foi escrita numa hora e por telefone.

 

Não estou admirado com tal revelação. Porquê? É simples.

 

Vou apresentar-lhe a sinopse da nova novela da TVI e de outra que até é bastante recente e que está em reexibição num canal por CABO.

 

Beijo do Escorpião: "A trama central desenrola-se à volta de duas mulheres descobrem que são irmãs da pior maneira e vão viver em confronto permanente. Alice (Sara Matos) quer ficar com a vida de Rita (Dalila Carmo).

Rita, por seu turno, quer incluir Alice na sua vida familiar feliz, que construiu com o marido, Fernando (Pedro Lima). Apesar das boas intenções, Rita não desconfia que a recém-encontrada irmã é um poço de maldade que só entrou na sua vida à procura de vingança e quer ocupar o seu lugar, destruindo tudo o que Rita construiu. Para o fazer, instala-se em sua casa, fazendo-se passar por um anjo."

 

Laços de Sangue: " Tudo se inicia há 25 anos atrás, quando duas irmãs são levadas na correnteza de um rio. O pai de ambas salva a mais velha, Inês (Diana Chaves), mas, acaba por falecer quando tenta resgatar a outra filha, cujo corpo nunca chega a aparecer. A mãe, que está grávida de um rapaz, assiste a toda a tragédia.

Na actualidade, Inês é uma jovem de personalidade forte, bondosa e está sempre pronta a ajudar os outros. No entanto, algo a atormenta, uma vez que se sente culpada pelo falecimento da irmã.

A menina que todos julgam desaparecida e que é irmã de Inês (Diana Chaves) é Marta, que após ser adoptada por uma nova família chamar-se-á Diana (Joana Santos). O choque do acidente fez com que perdesse a memória e, no seu pensamento, existe um constante desconforto. Diana é uma mulher bonita e com sede de dinheiro e de poder, desprezando o ambiente em que vive.

Quando descobre toda a verdade, a jovem rapariga recupera as suas memórias e vai procurar a sua família biológica, em especial Inês, que considera ser a culpada pelo que lhe sucedeu no passado.

A partir daqui, o seu grande objectivo será só um: vingança. Diana irá tentar destruir a irmã e reconquistar a vida que nunca chegou a viver, passando por bens materiais, até ao namorado de Inês, João (Diogo Morgado)."

 

Muito diferentes, não são (ironia)? Diz-se que já foi tudo inventado em televisão e cada vez nos apercebemos mais disso. Será verdade ou apenas uma desculpa para a falta de ideias?

10
Ago12

Dança Louca

Tiago Lourenço

Nas últimas semanas as audiências em Portugal conheceram uma guerra que nunca se tinha assistido. Uma novela portuguesa da SIC e uma novela portuguesa da TVI lutam, taco-a-taco, pelo primeiro lugar.

 

Dancin´Days e Louco Amor foram apresentadas como as novelas do ano e, até agora, têm feito jus a isso. A novela da SIC, desde o final de julho e inicio de agosto, que não tem dado grande espaço à concorrente. Bateu os seus próprios máximos durante quatro dias seguidos e já ultrapassou as melhores audiências das antecessoras Laços de Sangue e Rosa Fogo.

 

Dancin´ Days é, portanto, a novela portuguesa de maior sucesso de sempre da SIC. Merece-o. Apesar de ser um remake de um produto brasileiro, tem bons atores, uma história com pouco erros de adaptação à realidade portuguesa e uma boa promoção feita pelo canal.

 

Enquanto isso, a TVI perdeu fôlego e estacionou na criatividade. Ainda assim, é impressionante que o canal de Carnaxide, em tão pouco tempo, tenha conseguido alcançar a qualidade das produções da estação de Queluz de Baixo.

 

Entretanto, o autor de Louco Amor, Tozé Martinho, afirmou à revista de televisão do Correio da Manhã que não acredita nos resultados de Dancin´Days, porque é impossível uma novela ter o sucesso que tem sendo apenas um remake que já foi transmitido com sucesso em Portugal e que, na versão brasileira, contava com os melhores atores de terras de Vera Cruz. São escusadas este tipo de declarações. Já se debateu o suficiente o assunto da nova empresa de medição e já foram tomadas medidas.

 

Mas se alguém da SIC quiser responder, não precisa de pensar muito. Basta dizer que a história principal de Louco Amor é praticamente uma cópia descarada de Dancin´Days, essa sim, uma cópia assumida.

01
Jul12

Final espinhoso

Tiago Lourenço

Rosa Fogo chegou ao fim este sábado. A novela da SIC obteve, no derradeiro episódio, o seu melhor resultado de sempre e igualou o recorde de episódio mais visto de uma novela portuguesa no canal de Carnaxide, que pertencia ao último capitulo de Laços de Sangue.

 

1 milhão e cerca de 529 mil foi a média de espectadores que viram o final, final esse que foi o programa mais visto do dia. 

 

A história protagonizada por Cláudia Vieira e Ângelo Rodrigues começou com a estreia de Joaquim de Almeida em novelas e com espetaculares imagens gravadas na Argentina.

 

O elenco era realmente bom, com algumas estrelas recrutadas das produções da TVI. Rogério Samora e Helena Laureano encabeçam a lista. Rosa Fogo tinha a difícil tarefa de fazer esquecer Laços de Sangue. Até pode não o ter feito, mas em momento nenhum desiludiu. Os resultados foram sempre satisfatórios.

 

A história não era fantástica mas algumas boas interpretações serviram para a tornar mais apelativa. Nesta produção a SIC soube, sobretudo, inserir caras novas para que a novela ganha-se vários e importantes fôlegos.

 

O maior erro do canal foi, sem nunca o ter admitido, considerar Rosa Fogo como uma mera transição entre duas co-produções da TV Globo. Estar "entalada" entre a vencedora de um Emmy e um remake de um produto da emissora brasileira era uma missão espinhosa. Só por isso, Rosa Fogo merece aplausos.

 

Contudo, no site e na página da novela no Facebook "choveram" comentários depreciativos em relação ao final da história. Juntar, apenas no último capitulo, elementos de fantasia numa novela que em houve apenas uma ou duas situações fantasiosas foi um erro.

01
Dez11

Nada é o que parece

Tiago Lourenço

A SIC quis que o sucesso de Rosa Fogo fosse maior do que o sucesso de Laços de Sangue. Até agora ainda não conseguiu, mas a novela não está fazer piores resultados que os que a antecessora fazia com o mesmo número de episódios. 

 

Para fazer esquecer a vilã Diana, interpretada por Joana Santos, e mudar um bocadinho, escolheram Rogério Samora para viver um vilão ainda pior e capaz das coisas mais terríveis. A ideia podia ser boa, mas não correu bem.

 

Este é, talvez, umas das piores interpretações do actor em novelas e toda a maldade que carrega consigo é tanta que chega a ser exagerada. 

 

Samora já apareceu nas revistas a dizer que está com uma depressão por causa das maldades do seu personagem. 

 

Se isto foi um golpe de marketing, que me parece que tenha sido, não correu muito bem. Se não foi, é sinal de que o actor está a encarnar o personagem, embora não se reflicta na interpretação, talvez porque também os textos não ajudam. 

 

Uma coisa é certa, é rara a novela que sobreviva sem uma vilã. Portanto, é muito provável que a Rogério Samora perca algum protagonismo para Sandra Barata Belo na novela onde "ninguém é o que parece!"

27
Nov11

TOP TV – O melhor e o pior da televisão portuguesa

Tiago Lourenço

 

 

Quase a terminar o mês de Novembro, o TOP TV volta para avaliar o que de mais importante se passou na última semana televisiva. Leia aqui!

26
Nov11

Curtas e Boas

Tiago Lourenço

 

Armando Coutinho, personagem de sucesso da novela de Laços de Sangue interpretada por João Ricardo, vai regressar para uma participação especial na novela Rosa Fogo. É uma ideia engraçada e uma atitude de algum desespero por resultados melhores. É que a nova novela da SIC vai utilizar uma personagem de um autor, numa novela de outra autora. Será que faz sentido?

 

 

 

Várias notícias dão como certa a apresentação de Rita Pereira num novo programa. O formato é basicamente um Chuva de Estrelas mas com famosos. A actriz não foi muito convincente no papel de apresentadora em Canta Comigo, será que é uma figura assim tão querida dos portugueses para continuar a ser uma aposta da TVI? Penso que não!

 

 

A novela ou série Lua Vermelha continua a ser transmitida pela SIC. Começou nas noites de fim-de-semana, passou a ser transmitida todos os dias da semana e agora estás nas manhãs de fim-de-semana. Ainda faltam uns quantos episódios para terminar, mas já terminou na SIC Internacional. De certeza chegará a Janeiro de 2012, altura em que vai fazer dois anos. Pergunto, não será isto uma verdadeira palhaçada?

22
Nov11

O Emmy da nossa gente

Tiago Lourenço

Pelo segundo ano consecutivo uma novela portuguesa foi considerada a melhor do Mundo. Em 2011 o Emmy foi atribuido a Laços de Sangue, co-produção da SIC/TVGLOBO. Parabéns por este reconhecimento merecido. Abaixo pode ler-se um post sobre a novela de 19 de Setembro de 2011:

 

"A novela da SIC, Laços de Sangue, foi a aposta do canal no ano passado e continua no ar. Ocupando, no início, o lugar de repetições de Verão, a produção feita em parceria com a TV GLOBO, não alcançou resultados capazes de impulsionar o horário nobre do canal.

 

Durante bastante tempo, a novela parecia ser mais uma tentativa falhada. Ao contrário de outras novelas do canal, esta tinha algo que a destacava. 

 

Um bom elenco, uma boa história e uma boa produção. Aos poucos Laços de Sangue foi subindo, especialmente aos sábados. Enquanto a TVI emitia futebol, o público "noveleiro" mudava-se para a SIC. Entretanto o canal de Queluz estreou Anjo Meu e Remédio Santo

 

O "rolo compressor" da TVI deixou de o ser e as suas novelas deixaram de ter os resultados avassaladores que tinham. Laços de Sangue aproveitou da melhor maneira e hoje dá luta, chegando mesmo a ser, por vezes, a novela mais vista pelos portugueses.

 

Quando algo é realmente bem feito, o reconhecimento, mais tarde ou mais cedo, acaba por acontecer. O mesmo se passou com Laços de Sangue."



04
Out11

Galinha dos ovos de ouro

Tiago Lourenço

Laços de Sangue, da SIC, terminou e no dia seguinte chegou a notícia de que a novela está nomeada para um Emmy (os prémios mais importantes de televisão a nível mundial). 

 

A produção do canal de Pinto Balsemão, em parceria com a TV Globo, merece. Além deste nomeação, Laços de Sangue obteve também outro feito. 

 

O último capítulo foi o episódio mais visto de sempre de uma novela portuguesa na SIC. Ainda assim, a média geral ficou atrás de Floribella.

 

Joana Santos foi Diana e acabou por andar com a novela às costas. A actriz mostrou serviço e tornou-se numa das maiores revelações dos últimos anos, na representação.

 

Mas Joana não é a única a merecer destaque. A novela apresentou um elenco muito bom e uma história muito bem pensada, embora tenha perdido algum sentido, nos últimos meses, por ter sido esticada até não poder mais. Margarida Carpinteiro esteve no seu melhor, Dânia Neto e Débora Ghira fizeram bons papéis, João Ricardo e Custído Gallego fizeram dois grandes papelões. 

 

Tudo isto misturado deu uma boa novela, a melhor do canal de Carnaxide até hoje e uma das melhores novelas portuguesas dos últimos anos. 

 

Se existirem mais produções como esta, a teledramaturgia portuguesa só tem a ganhar e a SIC também.

Facebook

Audiências - TOP 5

As audiências voltam a ser atualizadas em setembro.

Novidades

"Vale Tudo" regressa à SIC depois do verão

Mais sobre mim

foto do autor